Publicidade
Camaçarí / BA - 20 de Maio de 2024
Publicado em 14/05/2024 11h00

Prefeitura lança novo referencial curricular do município durante seminário

Em um encontro que reuniu mais de 400 profissionais, incluindo educadores, gestores, coordenadores pedagógicos e técnicos da Rede Pública Municipal de Ensino e redes parceiras, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), realizou nesta segunda-feira (13/5).
Por: Ascom PMC

Em um encontro que reuniu mais de 400 profissionais, incluindo educadores, gestores, coordenadores pedagógicos e técnicos da Rede Pública Municipal de Ensino e redes parceiras, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), realizou nesta segunda-feira (13/5), o Seminário Interterritorial – "O futuro em nossas mãos: inspirações para implementação do Projeto de Estruturação do Sistema Próprio do Ensino Fundamental de Camaçari". A iniciativa, que conta com recursos do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe e parceria técnica do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP), ainda foi marcada pelo lançamento do novo referencial curricular do município.
 
Ao descrever o momento como "a realização de um sonho de todos nós", a titular da pasta, Neurilene Martins, destacou a importância do caráter interterritorial do evento. "Os municípios podem aprender uns com os outros e esse é o caminho para enfrentarmos os desafios da educação em rede", pontuou.
 


Em tempo a secretária ressaltou que, "o seminário interterritorial, além de possibilitar o compartilhamento de experiências e união de resultados, também é ocasião oportuna para o lançamento oficial do nosso referencial curricular, documento que serve como guia orientador das nossas práticas pedagógicas".
 
O novo referencial curricular municipal foi lançado em versão ampliada e é formado por seis volumes que abordam transversalidade, educação antirracista, meio ambiente, gênero, entre outras questões. Ao longo do mês de maio, serão distribuídos 1 mil exemplares entre as 103 escolas municipais de Camaçari, sendo que deste total, 500 já   foram entregues durante o seminário. "Este é um marco importante em um momento em que a gente precisa fortalecer as políticas que garantem a aprendizagem dos nossos alunos", afirmou a gestora da Educação.
 
A diretora de Planejamento e Gestão da Seduc, Aylana Gazar, explicou como foi realizada a estruturação do documento que já foi aprovado pelo Conselho Municipal de Educação (CME). "A gente tinha um referencial que foi construído colaborativamente, de forma participativa e representativa com os nossos professores e gestores, mas era uma versão preliminar. Iniciamos o movimento de implementação do sistema, encaminhando a primeira versão do documento para o conselho representativo analisar. Após esta fase, o órgão fez algumas indicações do que podia ser melhorado. Na sequência, a secretária Neurilene Martins teve uma visão muito estratégica de como as coisas deveriam acontecer e, o resultado foi a elaboração de ações ousadas, arrojadas, visionárias e pioneiras na Bahia", descreveu.
 
O presidente do CME, Juipurema Sandes, afirmou que o órgão participou diretamente do processo de construção do referencial curricular do município fazendo o monitoramento, a fiscalização e a análise do documento. "Uma vez concluída a análise, devolvemos o documento para a Seduc finalizar o processo, que chegou nesse momento agora. Esse percurso foi bastante longo, e começou em 2018 com a primeira versão. A partir daqui será gerada uma resolução no conselho, que regulamentará junto com uma nota técnica que publicamos junto com a aprovação".  
 
Atenta às apresentações que aconteceram durante o seminário, Sabrina Gomes, diretora da Escola Municipal Professora Laurita Souza Ribeiro, localizada no bairro Camaçari de Dentro, falou com bastante empolgação sobre o momento. "Estávamos com muita expectativa para esse lançamento, pois entendemos a importância de termos um referencial curricular em rede, que possibilita um alinhamento melhor dos trabalhos, para a aprendizagem dos estudantes. Este é um ganho incrível, porque, mesmo cada escola tendo a sua identidade, a gente precisa ter um norteador, que vai orientar sobre qual caminho precisamos seguir".
 
Ao final do seminário, que aconteceu no Hotel Vila Galé Marés, em Guarajuba, localidade da orla de Camaçari, a secretária Neurilene agradeceu a presença de todos os participantes, entre eles, as representantes do ICEP, Elisabete Monteiro e Janara Botelho, diretora e coordenadora pedagógica, respectivamente; a professora da Rede Municipal de Educação da cidade baiana de Marcionílio Souza, Adriana Gonçalves.
 
O evento também contou com a participação de convidados oriundos dos municípios de Mata de São João, Dias d'Ávila, Pojuca, Madre de Deus, Simões Filho, São Francisco do Conde e Alagoinhas. 

Foto: Jean Victor

 

Comente essa notícia